quinta-feira, 10 de março de 2011

MP investiga viagem de vereadores de Marataíses - ES

Ônibus rumo a Bahia
Marataízes - O Ministério Público vai investigar a viagem dos nove vereadores de Marataízes em pleno carnaval para o balneário baiano de Porto Seguro. As despesas dos parlamentares são custeadas pelo Legislativo e a justificativa dada por eles é a de que participam de um curso de capacitação no famoso balneário baiano desde a última quarta-feira(02).
A 2ª Promotoria de Justiça Cível de Marataízes tomou conhecimento da viagem dos nove vereadores e, na última quinta-feira, instaurou um expediente administrativo para apurar o caso.  O Ministério Público também oficiou à Câmara Municipal para que o órgão respondesse qual a natureza da viagem, o número total de pessoas que participam e o valor dos recursos públicos utilizados.
Após a resposta, caso encontre irregularidades, o MPES adotará as providências legais cabíveis.

Viagem
Os vereadores de Marataízes deixaram o litoral sul capixaba, a bordo de uma van fretada, na última quarta-feira. A justificativa é a participação em um curso de capacitação para vereadores, prefeitos, secretários e servidores.
A Câmara banca todas as despesas, de R$ 25,2 mil, com dinheiro do contribuinte. Cada um dos nove parlamentares recebeu R$ 2,8 mil para os quatro dias de curso. A hospedagem se dá em hotel quatro estrelas, o Solar do Imperador, onde o curso acontece até o meio dia deste sábado(05). Só as diárias custaram R$ 680,00, por pessoa.
Embora tenham viajado antes do período oficial de Carnaval, os vereadores de Marataízes puderam aproveitar a tradicional festança baiana, que, na cidade, começou desde o último dia 26.

Fonte: Espirito Santo de Fato.

Nenhum comentário: